Pasta Zara site header

Desde uma pequena oficina a líder mundial

A família Bragagnolo

La famiglia BragagnoloA Pasta ZARA tem mais de um século de história e, na direcção da empresa tem sempre estado a família Bragagnolo, que agora já chegou à quarta geração. Uma história empresarial que tem avançado com sucesso e que transformou uma pequena oficina em uma empresa de dimensões mundiais. Cada um dos Bragagnolo que tem passado pela gerência tem trazido: entusiasmo, inovação e desenvolvimento. A manterem firmes as tradições, os Bragagnolo têm sempre investido nas pessoas, nos produtos e no futuro. Hoje Furio, Arianna, Umberto e Franca reflectem perfeitamente este “carisma” empresarial. Projectados rumo o amanhã, mas “inspirados” das próprias raízes.

A história da Pasta ZARA e da família Bragagnolo

Há mais de um século a família Bragagnolo tem feito massas. Iniciou com uma oficina. Que depois passou a ser uma empresa. Cada vez maior. A amadurecer uma experiência única. Transmitida. Nestes anos, a produção da Pasta ZARA tem mantido inalterados os conceitos básicos: atenciosa selecção da sêmola do melhor trigo duro e produção de massas com as mais modernas tecnologias. Um percurso que encontrou a síntese certa entre a tradição e a inovação. Uma síntese que faz diferença.
Datas para lembrar
1898
Emanuele Bragagnolo abriu uma pequena oficina de produção artesanal de massas em Villarazzo (Treviso).
1918
Foto storica di Castelfranco Veneto (zona stazione, si scorge il pastificio sulla sinistra)Umberto Bragagnolo, filho de Emanuele, decidiu converter o Pastificio Bragagnolo de estrutura artesanal em realidade industrial, e mudar a sede de Villarazzo para Castelfranco Veneto, sempre na Província de Treviso; dando-lhe o nome dePastificio Elettrico Bragagnolo.
1932
L'insegna del Pastificio AdriaticoFoi aberto um segundo estabelecimento na cidade de Zara, italiana na altura, capital da Dalmácia Vêneta; chamado Pastificio Adriatico.
1943
Il progetto del pastificio a Riese Pio X prima della costruzioneO centro habitado da cidade de ZARA é arrasado pelos bombardeamentos. No fim da Segunda Grande Guerra Mundial, o regime de Tito confiscou todo. Umberto Bragagnolo fugiu de Zara e desistiu da ideia do segundo estabelecimento. Morrerá pouco depois em Castelfranco Veneto, na sua morada, durante um raid aéreo.
1965
Pasta di ZaraO desenvolvimento da empresa necessitava de um novo e maior estabelecimento de produção; que foi construído em Riese Pio X, sempre na Província de Treviso, e, como lembrança da experiência de Zara, a empresa passou a chamar-se Pasta ZARA.
1975
Franco BragagnoloFranco Bragagnolo, que apanhou as rédeas da empresa, teve a feliz intuição de concentrar-se nas exportações. Os resultados logo chegaram. Primeiro para a Áustria, depois para a Alemanha, em seguida para a Grécia. A Pasta ZARA, com o passar do tempo e com os seus produtos de qualidade alargou e espalhou a sua presença nos mercados mundiais.
1997
>Houve a quarta passagem de geração da família Bragagnolo. Franco cedeu progressivamente a empresa aos filhos Furio (presidente), Arianna, Umberto e Franca.
2002
Lo stabilimento di Muggia appena inauguratoEm Muggia (Trieste) foi inaugurado o segundo estabelecimento de produção da Pasta ZARA que, deste modo, duplicava a sua capacidade de produção.
2004
A Pasta ZARA ultrapassou todos outros produtores e passou a ser o primeiro exportador italiano de massa e o segundo produtor.
2009
A Friulia, a financeira regional do Friuli Venezia Giulia, entrou no grupo da sociedade da Pasta ZARA spa para a reforçar o plano de desenvolvimento da empresa.
2010
Pasta PaganiFoi adquirido o Pastificio Pagani em Rovato (Brescia), que passou a ser o terceiro centro de produção da Pasta ZARA.
2012
2012 - Festeggiato il decennale dell’apertura dello stabilimento di MuggiaComemorou 10 anos desde a abertura do estabelecimento de Muggia.
2013
Pasta ZARA aumento de capital: digite Simest (banco comercial), bem como Friulia.