Uma produção que salvaguarda o meio ambiente e o trabalho

O projecto Pasta ZARA Green tem como finalidade estudar, incentivar, realizar todas as acções possíveis para uma produção empresarial que dê preferência à eco-sustentabilidade, no quadro de um desenvolvimento que salvaguarda o meio ambiente, o território e o trabalho. Um projecto que passa por: transportes alternativos, redução dos consumos de energia ao adoptarem-se soluções de energia renovável, e o bem-estar dos animais.

Cogeração

Nos seus três estabelecimentos, a Pasta ZARA produz internamente energia eléctrica e térmica graças à cogeração obtida com motores endotérmicos turbo comprimidos de alta economia energética. Uma cogeração equivalente a 7.000 kW. Para descarregar as farinhas das cisternas são empregues compressores eléctricos que possibilitam levar o CO2 a zero e eliminar toda a poluição acústica.

Painéis fotovoltaicos

Pannelli fotovoltaici sui tetti degli stabilimentiA Pasta ZARA utiliza largamente energias renováveis, graças aos sistemas fotovoltaicos instalados nos telhados dos estabelecimentos. Em Rovato está em fase de planeamento a utilização de água aquecida proveniente do colector do consórcio de área, capaz de optimizar energia térmica e eléctrica, com uma redução consistente do impacto ambiental.

Ovos de cama

Pasta Zara vince il Premio Good EggNo próprio trabalho quotidiano, a Pasta ZARA também utiliza produtos provenientes de agricultura biológica que, para mais de representar alimentos saudáveis e naturais para o consumidor, salvaguardam o meio ambiente, uma vez que o sistema Bio proíbe a agricultura química. Além disso, para as próprias massas com ovos, a Pasta ZARA utiliza apenas ovos de cama.
Por causa deste seu cuidado, em 2010 a Pasta ZARA ganhou o prémio internacional Good Egg, atribuído em Paris pela Compassion in World Farming, a maior organização não governamental internacional para o bem estar animal, que há mais de 40 anos se dedica a melhorar as condições de vida dos animais criados para produção alimentar. Uma das suas áreas de acção principais é, de facto, a para acabar-se com a utilização das gaiolas de baterias para criação de galinhas poedeiras e favorecer a passagem a criações alternativas, nomadamente no solo e ao ar livre.

 

Transportes de comboio